Notícias

Greve

06/10/2014, às 14:25



Paralisação dos funcionários da unidade já dura 18 dias.

Categoria pedia 15% de reajuste nos salários.








Do G1 Vale do Paraíba e Região




17/08/2012 20h05 - Atualizado em 17/08/2012 21h05






A greve da Santa Casa de Jacareí, que já dura 18 dias, deve continuar. A reunião entre o sindicato da categoria e prefeitura de Jacareí nesta sexta-feira (17) para discutir o assunto terminou sem acordo. Durante a assembleia os funcionários decidiram manter a paralização por tempo indeterminado.


A nova proposta do sindicato pedia reajuste de 15% nos salários e um reajuste de R$ 120 no valor da cesta básica. Anteriormente o pedido era o reajuste de 20% e a cesta no valor de R$ 150. A Secretaria de Saúde ofereceu 4,8% de reajuste. Há duas semanas os trabalhadores se reúnem em frente ao hospital para divulgar aos pacientes o motivo da greve. Auxiliares de enfermagem, técnicos, telefonistas, faxineiros e funcionários do almoxarifado participam do movimento. Eles reclamam também das condições de trabalho.



A Prefeitura de Jacareí informa que a Santa Casa tem uma dívida de R$ 10 milhões. A maior parte deste valor é referente a débitos com o INSS. A administração municipal diz que pediu um prazo de 120 dias para analisar algumas reivindicações.



Ela ainda nega que falte medicamentos e diz que está melhorando a estrutura da Santa Casa. Quanto a questão salarial, a Secretaria de Saúde diz que os funcionários já receberam um reajuste referente à inflação.



A Santa Casa de Jacareí tem 470 funcionários na ativa e faz cerca de 380 atendimentos por dia. O atendimento continua sendo feito. Médicos e enfermeiros não participam do movimento.